jump to navigation

ENCONTRO I 27/11/2011

Posted by brunoernesto in Pessoal.
1 comment so far

ENCONTRO I

Será que encontrou, num estalo noturno?

Algo que sempre sonhou e movimentou

Com um frisson, que sempre o embalou

Num entremeios de ideias dum céu taciturno?

 

Voraz são tuas ligações do sopro

Um amálgama na vida,

Num confronto em claridão

De diversos “quereres” em comunhão

 

A mistura é benquista!

Mesmo sem querer,

Quer mesmo espremer…

Tal qual a alquimia de um alquimista

 

À guisa da loucura,

Em busca de candura e com um quê de solidão…

Sempre teve a lisura e muita bravura!

 

Sem tolhimento, rasgou umas doutrinas, se sujou numas latrinas…

Volveu em recolhimento.